terça-feira, 2 de agosto de 2011

estação única




Gosto da chuva de agosto.
Talvez a tenha despertado no interior do sonho
que abrigo dentro dos versos da noite.
Convoca-me a um lugar presente e longínquo
de profunda saudade,
onde o amor foi estação única.



Maria Costa


Sem comentários: