sábado, 23 de abril de 2011

o acto de ler

O acto de ler reabre feridas. Nos livros
em que isso acontece, com frequência,
poderia ao menos haver um aviso na capa;
assim como se faz com as carteiras de tabaco,
embora se saiba que poucos deixam
de fumar
por isso.

Teresa Jardim



in: Resumo, a poesia em 2011, Ed. Assírio e Alvim/FNAC,
 Lisboa, Março 2011