terça-feira, 3 de março de 2009

Sacerdotisa



Sacerdotisa,
tu és o Santo Graal
com a Essência de Cristo.
Portadora de um Deus
sobre a Terra,
teus olhos não têm pupila,
são duas brasas numa tez de porcelana.
Seus longos dedos,
brancos como as penas das asas
da cegonha,
têm sempre as pontas unidas
diante de teu peito
onde encarcerado, palpita teu coração.
Não podes te ajoelhar diante do Cristo
que amas.
porque, portadora da Sua Essência,
tu és o imenso estojo em que o
embalas,
de um extremo a outro do Universo,
incenssando a Criação
com o perfume de seu Espirito
e fecundando as Almas,
com o Pólen de seu Renascimento Divino.



Clarisse


in- Clarisse de Oliveira

Sem comentários: