terça-feira, 23 de junho de 2009

eu não voo


Eu não voo
ando

quero que me oiçam

mas também não sou
das rãs que coaxam



António Reis - Novos Poemas Quotidianos,
pág. 11, Porto, [1959]



Sem comentários: