terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

não leias odes, meu filho




não leias odes, meu filho, lê antes horários:
são mais exactos. desenrola as cartas marítimas
antes que seja tarde, toma cuidado, não cantes.
o dia vem vindo em que hão-de outra vez pregar as listas
nas portas e marcar a fogo no peito os que digam
não. aprende a passar despercebido, aprende mais do que eu:
a mudar de bairro, de bilhete de identidade, de cara.
treina-te nas pequenas traições, na mesquinha
fuga quotidiana, úteis as encíclicas
mas para acender o lume, e os manifestos
são bons para embrulhar a manteiga e o sal
dos indefesos, a cólera e a paciência são precisas
para assoprar-se nos pulmões do poder
o pó fino e mortal, moído por
aqueles que aprenderam muito

e são meticulosos por ti.


«Para um Livro de Leituras Escolares»
Hans Magnus Ensenberger

Poesia do século XX
(de thomas hardy a c.v. cattaneo)
Editorial Inova - 1978
Tradução: Jorge de Sena.


Magnus Enzensberger (11 de novembro, 1929 em Kaufbeuren) é poeta, ensaista, tradutor e editor alemão. É também escritor sob o pseudônimo de Andreas Thalmayr, Linda Quilt, Elisabeth Ambras e Serenus M. Brezengang
Entre 1965 e 1975 foi membro do Grupo 47.
Em 1965 criou a revista «Kursbuch» e desde 1985 edita a série literária Die andere Bibliothek.

( enviado por Amigo)

1 comentário:

fred disse...

Ótimo, Mariah.
Beijo