domingo, 22 de junho de 2008

Prece à Lua


Ó Princesa dos Astros!
Ó Senhora das marés!

Nos teus domínios me aventurei
e no teu manto prateado me banhei.
Enquanto caminhei, a tua face nova vi!
E, quando naveguei, a tua face cheia vi!

Agora que a casa regresso,
isto é o que te peço:
Que a tua luz seja crescente
e a tua sombra minguante.

Faz deste pedido um dos teus desígnios!



in Geografia e outras Circunstâncias, Vicente Ferreira da Silva

1 comentário:

Mïr disse...

Belo poema este do Vicente Ferreira da Silva.